Brazil
São Thomé das Letras

Discover travel destinations of travelers writing a travel journal on FindPenguins.

1 travelers at this place

  • Day1

    Cidadezinha pequena

    February 25, 2017 in Brazil ⋅ ☀️ 20 °C

    A cidade aqui é bem maneira, bem simples. Me lembrou Cusco, mas não exatamente igual. Algumas partes, arquitetura, povo andando na rua e etc. Talvez por isso que tenha até essa lenda de ligar aqui com lá. Tirando o clima não ter ajudado, tudo parece bem bonito. Ah sim e Carnaval também não ajudou, tem muita gente no lugar. Todo lugar tem pessoas, principalmente bebendo...

    No passeio de hoje fomos ver a igreja de pedra, o cruzeiro e a pirâmide. Os lugares dentro da cidade são bem próximos. A cidade também tem umas 5 ruas, não é muito difícil de achar as coisas hahaha. Aí descemos, compramos Skol Beats e ainda tomamos uma pinga com mel no bambu. Essa pinga tava muito boa! Acho que foi a primeira vez que tomei pinga e gostei.
    Read more

  • Day2

    Borboletas e bruxas

    February 26, 2017 in Brazil ⋅ ☀️ 21 °C

    Saímos cedo andando para ver a Ladeira do Amendoim e nem chegamos perto. Paramos no Vale das Borboletas e achei a cachoeira legal. Problema era que estava muito cheia e ela é pequena. No fim ficamos pouco tempo e voltamos para a pousada. E olha que doido: tivemos a ideia de pedir carona pra cidade. Aí quem parou para nós foi um casal bem tranquilo. Conforme fomos conversando e nos conhecendo, adivinha? Eles estavam hospedados no mesmo lugar que nós! Holístico

    Depois do almoço voltamos para descansar um pouco e depois sair andando pela cidade de novo. Aí conforme fomos chegando perto da hospedagem comecei a ouvir um metal. No andar de cima tinha um som tocando. Fomos lá conversar e descobrimos um pessoal do metal até que divertido para fazer amizade.

    Fomos para a pedra furada primeiro e o lugar é muito maneiro. É também um lugar que não tem ninguém. Ficamos sozinhos lá só observando a cidade e as montanhas ao longe.

    Saindo de lá fomos para a pedra da bruxa, outro ponto alto da cidade. Lá deu pra conhecer umas cariocas e discutir bolacha e biscoito hahaha. Estava me sentindo super bem, fazendo várias amizades e ficando tranquilo com ela. Tomamos até Toddynho lá em cima hahaha. Ficar doido de Toddynho em cima das pedras.

    E por fim a noite fomos no Alcazar Rock Bar. O lugar é bem maneiro, o clima é super legal, as músicas estavam boas e conseguimos comer uma pizza que estava até que gostosa.
    Read more

  • Day3

    Pororoca cachoeiras

    February 27, 2017 in Brazil ⋅ ☀️ 21 °C

    Dia hoje foi cheio. Acordamos cedo e fomos fazer o tour das cachoeiras com o Pororoca. O ônibus estava lotado, nosso guia se chamava Pedro e lá fomos nós naquele ônibus velho rumo às águas.

    O dia começou legal, estava claro e até ensolarado. Enquanto estávamos na cachoeira do Paraíso e no Véu da Noiva estava até que tranquilo para entrar na água. Mas a água de cachoeira é muito gelada. Muito! Eu só consegui entrar no Véu da Noiva e depois fiquei sem vontade de ir até o fim. Tinha uma queda lá, mas para conseguir chegar nela tinha que passar uma parte que era muito funda, aí eu desisti.
    Saindo de lá fomos para a Cachoeira do Flávio, e infelizmente começou a chover. Quase ninguém quis sair do ônibus. Eu esperei uns 10 min e quando a chuva diminuiu eu fui. Olha, essa deve ser uma das cachoeiras mais legais de se ir se estiver com sol. Ela é rasa então é bem fácil de chegar nas quedas. Fiz vídeo, tirei foto, tomei um banhão lá, de chuva e de cachoeira.

    Depois fomos para a Ladeira do Amendoim. Tem um lance lá que os carros andam sozinhos, é só você ir com ele para um lado e desligar e aí ele volta, igual mágica! E não é uma subida grande nem uma descida. Eu achei que era mais plano do que ladeira, mas não sou eu que dou os nomes né... E aí o pessoal também fez um esquema de correr de costas e girar em um momento para ver se era puxado. Teve gente que falou que era, eu não senti nada. "Falta metal no nosso corpo" hahaha

    E no fim do tour teve o Vale das Borboletas, que já conhecíamos. Chegando lá tomamos um caldo de cana e um Néctar dos Deuzes (sim, com z). Rapaz, que pinga boa! Tava bem gelada, só dava pra sentir o gosto do abacaxi e do maracujá. Adorei demais!
    Read more

You might also know this place by the following names:

São Thomé das Letras, Sao Thome das Letras