Joined October 2016 Message
  • Explore, what other travelers do in:
  • Day13

    Bem-vindos à Madeira

    August 26, 2020 in Portugal ⋅ ☀️ 26 °C

    Antes das 10h já estávamos a sair de casa, para tratar do serviço de autocaravana e encher o depósito antes da entrega.

    Almoçámos, fizemos as malas e seguimos para o aeroporto. A partir desse momento só podemos tirar a mascarar para comer sentados e fora do avião.

    Temos avisos constantes para manter o distanciamento social. No entanto, quando chegas ao avião parece que isso já não é relevante. Todos as cadeiras estão ocupadas, quer dizer que temos alguém sentado mesmo ao lado de nós.

    Quando o avião aterra toda gente se levanta ao mesmo tempo sem qualquer preocupação, apesar dos avisos dos comissários de bordo.

    Somos muito bem recebidos no aeroporto com bananas da madeira e águas. Tivemos apenas um stress porque o carro estava alugado a partir do dia seguinte e não foi possível alterar. Teríamos que voltar no dia seguinte.
    Quando aluguei o carro, pensava que íamos fazer o teste do covid e teríamos que ficar algures perto do aeroporto até ao resultado (entre 6h a 8h).

    A saída do aeroporto, passas pelo corredor onde todas as pessoas que não trazem o teste feito são testadas. Parece que entras num laboratório, onde tu és a experiência, e toda as pessoas que lá trabalham têm que estar altamente protegidas, para não haver risco de qualquer tipo de infecção.

    Tivemos mais de 40min à espera do aerobus que não veio e acabamos por apanhar um táxi, que custou uma fortuna, 38 euros. Visto que não podíamos sair do hotel até sabermos o resultado do teste, encomendamos sushi, para jantar no quarto.
    Read more

  • Day12

    Tobias

    August 25, 2020 in Portugal ⋅ ☀️ 26 °C

    Foi um dia longo mas na realidade pouco fizemos. Chegamos à praia de Santo André, a 5min a pé de onde dormimos eram umas onze da manhã. Almoçámos pela praia e ficámos até ao pôr do sol, acompanhado com mojitos.

    Antes de ir para Lisboa fomos jantar ao Tobias no Carvalhal, comer o melhor arroz de tamboril. O Liam estavam tão cansado de ter brincado o dia todo que nem comeu e adormeceu logo em cima da mesa do restaurante.

    Já passava das 23h30m quando nos fizemos à estrada. Chegamos bem cansados já passava da uma da manhã, ainda conseguimos tirar tudo da autocaravana.

    Mas em vez de ir dormir, fomos comprar uma viagem para a Madeira. Comprar voo, preencher formulários por causa do covid, alugar carro, reservar hotel, claro que vai ser um stress porque não temos o teste do covid feito e vamos ter que o fazer à chegada e esperar pelo resultado no hotel.
    Read more

  • Day11

    Avaria

    August 24, 2020 in Portugal ⋅ ☀️ 26 °C

    Hoje é dia de começar a regressar, para não fazer o caminho para Lisboa todo no mesmo dia. Depois do pequeno almoço, fizemos um troço do caminho. Parámos no intermarche de Odemira para aproveitar o serviço de autocaravanas e fazer compras ao mesmo tempo.
    Almoçámos um peixe assado na falésia, junto a ilha do pessegueiro e seguimos caminho.

    É verdade que encontrámos sítios lindíssimos, mas infelizmente a maioria, está contaminado de lixo e principalmente papel higiénico dos campistas e caravanistas. Os sítios mais bonitos acabam por ficar um tanto ou quanto desagradável.

    A caminho de Sines, pouco depois da sair do sítio no almoço, começámos a sentir um cheiro a queimado, passado 10min já não aguentávamos o cheiro a queimado. Parámos o carro, ligámos ao dono da caravana e, por video chamada, tivemos a fazer uma avaliação do problema. Ver a temperatura, o nível da água, o nível do óleo, tivemos a espera que o motor arrefecesse. Já estava a pensar que iríamos ter que chamar o reboque e voltar para Lisboa de táxi.

    Finalmente descobrimos que o Liam tinha ligado a chauffage e possivelmente seria disso. Seguimos caminho devagar com receio e com isso já não apanhámos o pôr do sol. Fizemos só uma paragem no supermercado para comprar o que faltava para fazer uma petiscada na praia de Santo André, onde pernoitamos.
    Read more

  • Day10

    Arrifana

    August 23, 2020 in Portugal ⋅ ☀️ 23 °C

    Está uma ventania na praia da Amoreira, de tal maneira que a maior parte das pessoas que vão para a praia acabam desistir e regressar.

    Nem tentamos ir à praia e fomos diretos fazer o que sabemos fazer melhor. Fomos almoçar ao O Zé à frente da praia Monte Clérigo.

    Seguimos para surfar na Arrifana ao pôr do sol depois da sugestão. E voltámos para jantar junto à praia da Amoreira.
    Read more

  • Day8

    Aljezur

    August 21, 2020 in Portugal ⋅ ☀️ 29 °C

    Esta noite foi muito mal dormida, uns miúdos ao nosso lado, fizeram uma festa até às 5 da manhã. A Mariama é que acabou por se levantar e pedir para baixarem a música.

    Antes das 9 já estava ela e o Valentim a levantarem se para ir correr. Pensava eu que iria poder dormir mais um pouco, mas passado dois minutos ouço: Madrinha tenho que fazer cocó!!!
    Grrrr... Já não tinha hipótese. Levantei-me e fomos dar uma volta junto à falésia. Quando eles chegaram, tomámos o pequeno almoço e seguimos. Com isto tudo já era quase meio dia. Passámos no mercado de Odeceixe para comprar peixe fresco e seguimos para um recanto na falésia junto a praia do Vale do Homem.

    Mais uma tarde bem passada a fazer um churrasco com esta vista maravilhosa.
    Ainda tínhamos que fazer os despejos da autocaravana, encher com água limpa, pôr gasolina e chegar a tempo de ver o pôr do sol na praia da Amoreira.
    Foi o tempo de estacionar a um km da praia onde íamos pernoitar e fazer o resto a pé junto ao rio.

    Claro que não dá para estacionar junto à praia com a autocatavana.
    Read more

  • Day8

    Cabo do Sardão

    August 21, 2020 in Portugal ⋅ ⛅ 24 °C

    Acordámos tarde, fui treinar com a Mariama no meio das dunas com vista sobre o mar. Tomámos o pequeno almoço e seguimos viagem.
    Fomos até ao Pego das Pias, umas cavidades no meio das rochas por onde passa o rio, o resultado da erosão das rochas com a passagem da força do rio quando as águas estavam muito mais altas. Possívelmente vários milhões de anos. A água um pouco castanha da terra que trás mas ainda assim vale a pena dar um mergulho. Tivemos receio de ir de autocaravana, pelo que tivemos que andar 2km para ir e outros 2 para voltar. Acabámos por não ficar muito tempo porque a fome apertou e só tínhamos trazido um pacote de batatas e água.

    Antes de voltar para junta do mar, passámos no Intermarche de Odemira encher o depósito de água, o bem mais precioso na autocatavana.

    Encontrei um sítio junto ao Cabo do Sardão, para pernoitar e ver o pôr do sol. Estamos no topo da falésia com uma vista deslumbrante de gin na mão para assistir a este espectáculo maravilhoso. Já aprendemos que nestes sítios temos que chegar cedo porque ha muita gente de autocaravana e está tudo a procura e um sítio para pernoitar. Felizmente às 19h quando chegámos ainda havia um cantinho no meio de duas autocatavanas.
    Read more

  • Day6

    Arrozais

    August 19, 2020 in Portugal ⋅ ☀️ 22 °C

    Começamos logo bem o dia. Quando a Mariama chegou, pouco depois das 9, enquanto estávamos a carregar as malas na autocatavana chegou o reboque da polícia. Pelos vistos houve uma queixa de algum vizinho ressabiado porque tínhamos estacionado a caravana um pouco em cima do passeio. Felizmente como estávamos a arrumar as coisas, só nos pediram para sermos rápidos e seguirmos.

    Fomos ao mercado de Alcácer comprar peixe fresco para o almoço. Passámos no supermercado para comprar o resto e seguimos para o Cais Palafitico da Carrasqueira onde supostamente íamos almoçar. Mas em vez de parar no cais, seguimos mais um pouco e paramos no meio do arrozal para fazer o almoço. Parecia que estávamos nos arrozais na Indonésia.

    O Valentim já tinha assado os pimentos e tinha acabado de colocar o peixe na grelha quando passou um segurança a dizer que não era permitida permanecer ali. A nossa sorte foi a simpatia dele, como tínhamos acabado de colocar o peixe na grelha, deixou nos acabar de almoçar.

    Vimos o sol a pôr-se na praia junto à lagoa de Santo André, sobre uns vagalhoes de mais de 3 metros, num mar sem vento.
    Seguimos para São Torpes, porque achávamos que podíamos pernoitar no parque de estacionamento. Só não sabíamos que não íamos poder assar as lulas que tínhamos comprado na praça. O Valentim tinha acabado de ascender o lume, quando nos vieram dizer que era um parque de automóveis. Que não podíamos estar a fazer churrasco ou usar rebarbadoras por exemplo, não percebi o exemplo.
    Acabamos por fazer uma Salada de Atum e jogar ao peixinho.
    Read more

Never miss updates of Be Kyan with our app:

FindPenguins for iOS FindPenguins for Android